Presidente de Moçambique chega a Luanda

Presidente de Moçambique,Filipe Nyusi, recebido por Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente)
Presidente de Moçambique,Filipe Nyusi, recebido por Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente)
Presidente de Moçambique,Filipe Nyusi, recebido por Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente)

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, chegou hoje, domingo, a Luanda, para uma visita de estado de 48 horas, no âmbito do reforço da cooperação e da revitalização das relações económicas e empresariais

À sua chegada, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o estadista moçambicano, que não prestou declarações à imprensa, depois de passar em revista a Guarda de Honra foi recebido pelo ministro angolano das das Relações Exteriores, Georges Rebelo Chikoti, pelo governador provincial de Luanda, Graciano Domingos, entre outras personalidades.

Filipe Nyusi, que se faz acompanhar de uma delegação integrada pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, do Interior, dos Recursos Minerais e Energia e dos Transportes e Comunicações, bem como por vários empresários do seu país, tem previsto, no seu programa de trabalho que inicia segunda-feira, um encontro privado com o Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos.

Está ainda agendada a abertura formal das conversações oficiais entre delegações ministeriais de Angola e Moçambique, onde José Eduardo dos Santos e Filipe Nyusi irão discursar na mesma sessão.

Dentre outras actividades, o visitante vai participar numa sessão em sua honra na Assembleia Nacional onde vai discursar, orientará um fórum econômico empresarial Angola/Moçambique, vai manter um encontro com a comunidade moçambicana residente em Luanda, assim como tem programado visitas à Refinaria de Luanda e a Base da Sonils, ligada à empresa petrolífera angolana Sonangol.

Ainda no cumprimento da sua agenda, Filipe Jacinto Nyusi visitará o memorial do primeiro Presidente angolano, António Agostinho Neto, na Praça da República, onde vai depositar uma coroa de flores em memória desta figura histórica angolana já falecida, “pai” da independência nacional.

O Presidente da República de Moçambique vai igualmente participar do acto central das comemorações dos 40 anos da Independência Nacional, a assinalar-se quarta-feira, onde são esperados 100 convidados “VIP”, entre Chefes de Estado e de governos ou seus representantes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA