Polícia Nacional detém na Ingombota homem considerado “altamente perigoso”

Policia Nacional de Angola (RNA)
Policia Nacional de Angola (RNA)
Policia Nacional de Angola (RNA)

Um homem de 26 anos de idade, considerado “altamente perigoso” pelas autoridades policiais da província de Luanda, foi na tarde de terça-feira detido, no sector da Chicala, no bairro da Ilha do Cabo, no distrito urbano da Ingombota.

O chefe da área de informação e educação cívica do comando da Ingombota da corporação, intendente Quintino Ferreira, disse hoje à Angop que o homem identificado por “Pai Grande” é acusado da prática de roubos e furtos, venda e consumo de drogas, homicídios voluntários e violações sexuais.

“ Este elemento era famoso e temido devidos os seus actos criminosos, actuava em vários pontos da Ilha do Cabo e já era procurado por nós há algum tempo”, afirmou.

O intendente Quintino Ferreira adiantou que o homem esteve solto por longo tempo porque sempre que se apercebesse da aproximação dos agentes da polícia, por saber nadar muito bem, mergulhava no mar e desaparecia, mas desta vez foi montada uma estratégia em terra e foi possível a sua captura.

O oficial da corporação caracterizou a situação de delitos no distrito de calma e controlada, onde se destacam alguns roubos e furtos na via pública, principalmente no interior de viaturas.

Com mais de 400 mil habitantes a circunscrição é composta pelo bairro da Ingombota (sede), Patrice Lumumba, Kinanga, Maculusso e Kinanga.

Na Ingombota ou zona baixa de Luanda encontram-se concentradas grande parte das instituições politicas e administrativas do país, e circulam no local mais de dois milhões de pessoas/dia para trabalhar e a procura de outros serviços. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA