Polícia detém no Aeroporto 4 de Fevereiro traficante espanhol com cocaína

Apreensão de droga camuflada em livro (Ilustração) (Foto: Lucas Neto)
Apreensão de droga camuflada em livro (Ilustração) (Foto: Lucas Neto)
Apreensão de droga camuflada em livro (Ilustração) (Foto: Lucas Neto)

Um cidadão de nacionalidade espanhola, proveniente da cidade de São Paulo, Brasil, foi detido, no Domingo, pela Polícia Nacional no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, com seis quilogramas e 396 gramas de cocaína dissimulada numa mochila de criança.

O porta-voz do Comando Geral da Polícia Nacional, comissário Aristófanes dos Santos, informou hoje, segunda-feira, à Angop que o espanhol, é natural de Sevilha e pretendia fazer trânsito para São Tomé.

“ O indivíduo que trazia a droga a partir do Brasil, foi detido por volta das 14 horas quando pretendia fazer o reembarque para São Tomé, num voo das TAAG, mas foi detectado pelas nossas forças destacadas no Aeroporto Internacional “, explicou.

De acordo com o oficial comissário, o tráfico de drogas no país, principalmente a partir do Aeroporto Internacional de Luanda “ esta com espaço de manobra mais limitado, dado ao empenho dos agentes da Polícia destacados no local”.

Este ano, a Polícia Nacional deteve no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro mais de seis traficantes provenientes do Brasil com drogas simuladas em pastas, e em cápsulas no estômago.

A cocaína é uma droga com grande potencial de causar dependência. Uma pessoa que experimenta a cocaína não pode prever ou controlar a extensão de seu uso.

O abuso e dependência das drogas é um problema de saúde pública que afeta milhares de pessoas e tem grandes consequências sociais e na saúde dos indivíduos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA