PCP pode perder oportunidade “histórica” de fazer política “patriótica”

(DR)
(DR)
(DR)

Ao fazê-lo, o partido comunista não cumprirá a sua própria “palavra”. Quem é o diz António Arnaut.

António Arnaut, fundador do PS e mandatário nacional de António Costa nas últimas eleições, afirma em entrevista à rádio TSF que o PCP pode perder “uma oportunidade histórica” de prosseguir uma política “patriótica de esquerda”.

“O PCP pode falhar uma oportunidade histórica de afastar a direita do poder e uma oportunidade histórica de se convergir com o Partido Socialista, de esquerda democrática, e de assim prosseguir uma política patriótica de esquerda”, alertou.

Lembrando que se trata de uma “política dos trabalhadores”, o socialista declara mesmo que se o PCP não chegar a um consenso para um governo de esquerda está a “violar a sua própria palavra”, tendo em conta que após as eleições afirmou que “o PS só não seria Governo se não quisesse”.

Arnaut considera ainda que ao participar numa coligação, o PCP “derruba um muro que temos”. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA