Parlamento catalão aprova início de processo independentista (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

O parlamento catalão aprovou, esta segunda-feira, o início do processo independentista, apesar das ameaças de Madrid e da incerteza sobre o futuro do líder do governo autonómico.

As duas formações independentistas, maioritárias no hemiciclo votaram em bloco a favor do processo de “ruptura” com vista à criação de uma república independente catalã até 2017.

(Euronews)
(Euronews)

Uma decisão aprovada com 72 votos a favor e 63 contra, um ano após um referendo consultivo ter dado a vitória aos independentistas.

O organizador da consulta popular e atual líder catalão, Artur Mas, ameaça no entanto ser o principal obstáculo ao processo independentista, quando a formação separatista de extrema-esquerda CUP, rejeita reeleger Mas na votação agendada para amanhã.

Nos últimos dias, o governo de Madrid tem multiplicado as consultas com outros partidos, somadas às ameaças de recorrer ao Tribunal Constitucional para anular a eventual decisão do parlamento catalão.

A resolução debatida hoje especifica, no entanto, que o processo independentista, “não estará submetido às instituições do Estado espanhol”.

A imprensa espanhola cita também a possibilidade de Madrid suspender a autonomia da região ou mesmo perseguir os independentistas pelo crime de “conspiração com vista a sedição ou motim”.

Sem um acordo parlamentar para reeleger Mas, até janeiro, a Catalunha poderia ser obrigada a convocar novas eleições. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA