Papa Francisco tropeça em uma igreja pela segunda vez em três dias

Papa Francisco celebra missa em basílica de São João de Latrão, em Roma. 09/11/2015 (REUTERS/Max Rossi)
Papa Francisco celebra missa em basílica de São João de Latrão, em Roma. 09/11/2015 (REUTERS/Max Rossi)
Papa Francisco celebra missa em basílica de São João de Latrão, em Roma. 09/11/2015 (REUTERS/Max Rossi)

O papa Francisco precisou de ajuda para subir os degraus do altar de uma basílica de Roma nesta segunda-feira depois de tropeçar em público pela segundo vez em três dias.

Dois auxiliares flanquearam o pontífice de 78 anos e o levaram pelo braço quando titubeou subindo as escadas durante um culto na Basílica de São João de Latrão.

No sábado o papa havia tropeçado nos degraus da Basílica de São Pedro, impedindo a queda com os braços antes de dois de seus auxiliares o ajudarem a reerguer-se.

No mês passado, o Vaticano minimizou a reportagem de um jornal italiano segundo a qual o líder católico estaria sofrer de um tumor cerebral benigno, dizendo que Francisco está com boa saúde.

O papa perdeu parte de um pulmão devido a uma doença na juventude e sabe-se que ele sente alguma dor na perna por causa de uma ciática, devido à qual faz terapia regularmente e que pode explicar  a sua aparente dificuldade em subir degraus.

Em Setembro, Francisco escorregou enquanto galgava uma escada para pegar um voo durante uma viagem pelos Estados Unidos. Ele logo se reergueu, sem ajuda, e entrou no avião sem maiores dificuldades.

O pontífice já disse acreditar que seu papado será curto, e sempre encerra os seus discursos semanais pedindo aos 1,2 biliões de católicos do mundo rezem por ele. (reuters.com)

por Isla Binnie

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA