Nova geração deve compor a grandiosidade de Angola

Músico Baló Januário (Foto: Diniz Simã/Arq)
Músico Baló Januário  (Foto: Diniz Simã/Arq)
Músico Baló Januário (Foto: Diniz Simã/Arq)

A nova geração deve compor temas que demonstram a grandiosidade de Angola, seguindo, deste modo, o exemplo dos cidadãos que usaram a música no processo de libertação do país, defendeu quarta-feira, em Luanda, o musico angolano Baló Januário.

Falando à Angop no show Angola 40 anos de independência, o musico defendeu que da mesma forma que os mas velhos interpretaram temas que mudaram Angola, os jovens músicos têm de escrever temas que levam ao conhecimento internacional do país.

Reconheceu que houve períodos difíceis para os artistas angolanos nestes 40 anos. Entretanto, manifestou a sua satisfação pelas mudanças registadas neste horizonte temporal.

Cabe, explicou, aos fazedores de cultura continuarem a trabalhar para a melhoria da classe cultura, nos próximos anos.

O musico não deixou de agradecer os mais velhos pelo legado deixado.

O show Angola 40 anos de independência teve a duração de dois dias e a participação de cantores da nova e da antiga geração, destacando-se nomes como Yola Semedo, Ary , Yuri da Cunha, Calabeto, Robertinho, Pedrito e Jivago. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA