Morre ex-chanceler alemão Helmut Schmidt

(DW)
(DW)
(DW)

Morte do político de 96 anos é confirmada pelo seu médico. Schmidt governou a Alemanha de 1974 a 1982, e seu governo foi marcado pela crise do petróleo e pelo combate ao terrorismo da RAF.

O ex-chanceler-federal da Alemanha Helmut Schmidt faleceu nesta terça-feira (10/11), aos 96 anos, na sua residência, em Hamburgo. A morte foi confirmada pelo seu médico. O estado de saúde do ex-chanceler havia se deteriorado muito ao longo do fim de semana passado.

No início de Setembro, o ex-chanceler federal havia sido submetido a uma operação devido a um coágulo sanguíneo na perna. Depois de duas semanas, deixou o hospital, mas contraiu uma infecção não identificada, que o deixou com febre alta nos últimos dias.

Schmidt foi chanceler federal de 1974 a 1982, dando continuidade ao governo da coligação entre Partido Social-Democrata (SPD) e Partido Liberal Democrático (FDP), iniciado em 1967 com o chanceler federal Willy Brandt.

No governo Brandt, Schmidt havia sido líder da bancada social-democrata no Bundestag (câmara baixa do Parlamento) e ministro da Defesa e das Finanças.

Entre os principais desafios enfrentados por Schmidt durante seu governo estão a crise do petróleo e o terrorismo da Fracção do Exército Vermelho (RAF).

Schmidt nasceu em 23 de Dezembro de 1918 em Hamburgo. (dw.de)

AS/dpa/epd

 

DEIXE UMA RESPOSTA