Mistério resolvido: ‘Mr. Bean’ do G-20 não era um espião (vídeo)

(RT. YouTube/RT)
 (RT. YouTube/RT)
(RT. YouTube/RT)

Descobriu-se enfim a identidade do estranho personagem que atraiu a atenção da media e dos serviços de segurança internacionais devido ao seu comportamento, no mínimo suspeito, em torno dos presidentes da Rússia e dos EUA durante a Cúpula do G-20 em Antália, na Turquia.

Apelidado pela imprensa global de “Mr. Bean”, em homenagem ao clássico personagem do comediante britânico Rowan Atkinson, o sujeito acabou por se revelar um funcionário da Casa Branca de nome Duncan Teater.

Gravado em vídeo, ele aparece perambulando pelos bastidores da reunião de líderes mundiais e agindo de modo um tanto enigmático ao redor de Vladimir Putin e Barack Obama.
De fato, suas tentativas de se aproximar dos dois presidentes lembravam uma dança bizarra em que ele dava passos desajeitados, às vezes até de costas, e era tomado por caretas expressivas, mas incompreensíveis.

Seu comportamento provocou suspeitas de que ele estaria tentando espionar a conversa dos dois chefes de Estado. Outra hipótese levantada pela media, menos grave, era a de que o sujeito estaria apenas se esforçando para tirar uma selfie com Putin e Obama.

Descobriu-se, porém, que a única intenção de “Mr. Bean” era oferecer um café para seu chefe.

Na foto abaixo, pode-se ver uma imagem de Duncan Teater no Instagram de Pete Souza, fotógrafo oficial da Casa Branca. (Sputniknews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA