Mensagem do Presidente José Eduardo dos Santos será entregue ao seu homólogo cubano

Presidente José Eduardo dos Santos (Foto F. Miudo)
Presidente José Eduardo dos Santos (Foto F. Miudo)
Presidente José Eduardo dos Santos (Foto F. Miudo)

Uma mensagem do Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, será entregue sábado, em Havana, ao seu homólogo cubano, Raul Castro pelo Ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria.

Cândido Van-Dúnem encontra-se naquele país desde segunda-feira para participar das celebrações dos 40 anos da independência de Angola (11 de Novembro) e da célebre “Operação Carlota” (5 de Novembro) que virou o rumo dos acontecimentos na região austral do continente africano.

A Operação Carlota é a designação que o governo de Cuba atribuiu à ajuda internacionalista das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba às Ex-FAPLA, no combate às forças invasoras que ao norte e ao sul de Angola, em 1975, pretendiam impedir a proclamação da independência Nacional.

Um comunicado de imprensa do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria informa que a cerimónia alusiva às duas efemérides vai realizar-se, simultaneamente, nesta sexta-feira, no anfiteatro da Universidade de Amizade dos Povos, com a participação do corpo diplomático, comunidade estudantil e diferentes segmentos da sociedade cubana.

Na próxima quarta-feira, adianta o documento, será realizado um acto singular celebrativo aos 40 anos da independência de Angola, a ter lugar no Salão Nobre das Forças Armadas Revolucionarias de Cuba.

O ministro Cândido Van-Dúnem, no cumprimento da sua agenda de visita, manteve já encontros com diversas personalidades cubanas, destacando-se o director da Cooperação Bilateral de Angola e Cuba e para a África Subsahariana do Ministério da Relações Exteriores.

Angola e Cuba estabeleceram relações diplomáticas a 15 de Novembro de 1975, quatro dias depois da proclamação da independência do país, tendo assinado um Acordo Geral de Cooperação em 1976.

Desde essa altura a cooperação entre os dois países abrange áreas como a defesa e segurança, saúde, urbanismo e habitação, construção civil e obras públicas, educação, ensino superior, alfabetização, energia, transportes aéreos, tecnologias de informação, indústria, bem como geologia e minas.

Integram a delegação angolana o Director das Relações Exteriores do Ministério da Defesa, José Luís de Sousa, o Ministro Conselheiro do Mirex, Alfredo Dombe, o Director do Gabinete Jurídico do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, José Antônio Chissola e outros quadros seniores do Ministério. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA