Mauricio Macro é o novo presidente da Argentina

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

O líder da aliança “Cambiamos” – “Mudamos” em português, conquistou 51,5 por cento dos votos, na segunda volta das eleições presidenciais deste domingo.

O conservador coloca assim fim a mais de uma década de populismo de esquerda e promete abrir a economia aos investidores.

Para Macri esta é a altura de esquecer o passado. “Este é um dia histórico. É a mudança de uma era. Essa mudança não se pode basear na vingança ou num ajuste de contas”, assegura.

Mauricio Macri derrotou Daniel Scioli, o líder da coligação Frente para la Vitoria, apoiado pela presidente cessante.

Cristina Kirchner já telefonou a Macri, felicitando-o pela vitória e convocou-o para uma reunião, na próxima terça-feira.

Kirchner deixa a presidência da Argentina no dia 10 de dezembro, oito anos após ter assumido o cargo. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA