Lufthansa e Air France deixam de sobrevoar o Sinai por precaução

(AFP)
(AFP)
(AFP)

As companhias aéreas alemã Lufthansa e a francesa Air France, a título de precaução, decidiram por ora deixar de sobrevoar a região do Sinai, onde neste sábado um avião russo caiu com 224 pessoas a bordo.

“Tomamos esta decisão como medida de segurança”, anunciou o porta-voz da companhia alemã ao jornal Die Welt.

A Air France também deixará de sobrevoar a região até nova ordem.

“Esta medida foi tomada até que sejam esclarecidas as causas da queda do avião”, afirmou o porta-voz da empresa francesa. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA