Líder da extrema direita francesa pede ‘fim imediato’ de acolhimento de refugiados

(AFP)
(AFP)
(AFP)

A líder da extrema direita francesa, Marine Le Pen, exigiu nesta segunda-feira o “fim imediato de todo o acolhimento de migrantes” na França após os atentados de Paris, que deixaram ao menos 129 mortos e 352 feridos.

“Um dos suicidas (…) chegou na Grécia em 3 de Outubro em meio à massa de migrantes”, afirma seu partido Frente Nacional (FN) em seu comunicado.

Segundo os investigadores franceses, a impressão digital de um dos autores dos ataques corresponde com a de um homem que passou pela Grécia no mês passado. Contudo, não há confirmação sobre a autenticidade do passaporte. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA