Líbano detém 11 suspeitos do ataque em Beirute

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

O Líbano anunciou a detenção de 11 pessoas, incluindo oito sírios, com ligações aos atentados suicidas que, na quinta-feira, provocaram a morte de 43 pessoas e ferimentos em mais de 200 num bairro no sul de Beirute.

O ministro do Interior dá mais detalhes: “A operação estava planeada para acontecer no hospital Rasoul al-Aazam mas as medidas de segurança fizeram com que eles mudassem de local e atingissem uma zona movimentada depois de observarem e determinarem a hora de ponta”.

Os atentados na movimentada zona do sul da capital, feudo do Hezebollah, foram reivindicados pelo auto proclamado Estado Islâmico, também conhecido como Daesh.

O ataque ocorreu numa altura em que o Hezbollah intensifica o envolvimento na guerra na Síria, onde apoia as forças fieis ao regime de Bashar al-Assad. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA