‘Já chega’, diz Obama sobre novo tiroteio com mortos nos EUA

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O presidente Barack Obama voltou a denunciar, neste sábado, a facilidade para se adquirir uma arma de fogo nos Estados Unidos, após a ocorrência de mais um tiroteio no país com várias vítimas.

Na sexta-feira, um homem matou dois civis e um policia, em uma clínica de planeamento familiar da Planned Parenthood, em Colorado Springs, no estado do Colorado.

“Precisamos fazer algo a respeito da facilidade de acesso a armas de guerra em nossas ruas a pessoas que não têm nada a ver com elas. Ponto. Já chega”, frisou Obama, em nota divulgada hoje.

O presidente comentou, pela primeira vez, que o homem detido fez reféns no centro de planeamento familiar, de onde abriu fogo.

Barack Obama disse estar “particularmente triste” que, um dia depois do feriado de Acção de Graças, os americanos tenham tido de reconfortar as famílias que perderam repentinamente seus entes queridos pela violência com armas de fogo.

Os agentes conseguiram prender o suspeito do ataque, após mais de cinco horas de cerco e em meio à contínua troca de tiros. Ainda não se sabe os motivos do agressor, identificado como Robert Lewis Dear, de 57 anos.  (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA