Isabel dos Santos em entrevista rara fala sobre evolução angolana

(DR)
(DR)
(DR)

A investidora tem vários negócios em Portugal, nomeadamente na GALP, no BPI, Banco BIC e na NOS.

Numa entrevista exclusiva à BBC, da qual a TVI divulgou pequenos excertos, a filha do presidente angolano, Eduardo dos Santos, comentou a evolução em termos de poder de compra do povo angolano, apesar de 36,6% da população ser pobre.

“Quando se vai a uma cidade africana, hoje, o número de carros está a subir, por isso é verdade que estamos a viver alguns engarrafamentos. De certa forma, isso é apenas o efeito de as pessoas terem mais dinheiro e serem capazes de comprar um carro, casa própria, serem capazes de criar os seus negócios”, destaca.

Através do seu império milionário, com negócios em Angola e Portugal, Isabel dos Santos admitiu que a “principal falha” em Angola está no conhecimento. “A Educação ainda é a nossa principal falha. Acho que se alguém quiser ajudar África, tem mesmo de olhar para formas de ajudar as nossas universidades, e para formas de nos ajudar a ter mais conhecimento”, afirmou.

“E isso também quer dizer conhecimento em áreas como a agricultura, ou competências mais gerais, como competências na construção. Temos de saber mais”, explica Isabel dos Santos considerada pela revista Forbes a mulher mais poderosa em África.

Refira-se que, a empresária angolana adquiriu os direitos da revista norte-americana para começar a vender nos países lusófonos. Em Portugal, espera-se que a Forbes chegue às bancas no próximo sábado. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA