Instituto Superior Politécnico Atlântida realiza semana académica

(DR)
(DR)
(DR)

O Instituto Superior Politécnico Atlântida (ISP- Atlântida), em saudação aos 40 anos da Independência Nacional, e seus 3 anos de existência, realizou de 9 a 14 de Novembro, nas suas instalações, em Luanda, a Semana Académica sob o tema “Inovar e Criar é Trazer algo e Útil para a Sociedade”.

Em declarações neste domingo, à Angop, o chefe do Departamento de Investigação Cientifica do ISP-Atlântida, Carbonel Rodrigues, de nacionalidade cubana, disse que a semana académica teve como objectivo analisar diversos temas ligados à melhoria do processo de ensino-aprendizagem.

Acrescentou que o encontro serviu para analisar e propor metodologias, práticas e atitudes que promovam a melhoria do ensino e da aprendizagem.

Deu a conhecer que foram debatidos vários assuntos, entre eles a importância da pesquisa para o docente universitário, actividade pedagógica na universidade e a influência das abordagens de ensino na preparação das aulas, ética e deontologia profissional, o perfil do professor universitário, métodos de ensino e definição das linhas de pesquisa.

Durante os seis dias, os participantes (alunos, professores e pesquisadores) partilharam experiências, assim como debates em palestras, colóquios, a
importância das novas tecnologias de informação, saúde, direito e métodos de ensino.

Por sua vez, a estudante do 1º ano do curso de análises clínicas do ISP-Atlântida, Vânia Salupena da Silva, adiantou que nos próximos dias irão realizar campanhas de saúde na comunidade do Benfica, onde se pretende aconselhar a população sobre os cuidados a ter com a higiene e a saúde.

Reconheceu a importância do evento por elevar ainda mais o conhecimento dos estudantes sobre a saúde e proporcionar troca de experiência sobre o assunto.

Referiu que o processo de ensino e aprendizagem é uma premissa fundamental para formação das novas gerações e para tal é necessário envidar esforços para capacitar, cada vez mais, os técnicos nacionais.

Segundo o estudante do 2º ano do curso de pedagogia, Afonso David, “a educação não é uma acção apenas do professor, mas deve ser encarada como uma
responsabilidade da comunidade, na qual cada integrante da sociedade deve fazer a sua parte”.

Por outro lado, o professor universitário Inácio José destacou a importância da vida académica no seio da sociedade, peça fundamental de conhecimentos e competências no ensino superior.

O docente fez saber ainda que a academia exerce duas funções, sendo uma interna, que tem como objectivo formar quadros, dando o melhor de si e contribuir na qualidade do ensino em Angola, e outra que é externa, virada para a sociedade, dando o seu contributo em diversos domínios.

“No caso da nossa instituição, estamos prontos e disponíveis a darmos o nosso contributo na resolução dos problemas do país. Podemos também apresentar propostas sobre as formas de como resolver alguns problemas no seio da sociedade”, disse. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA