Incêndio mata 18 migrantes africanos em acampamento na Argélia

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Dezoito migrantes africanos morreram na Argélia em um incêndio na madrugada desta terça-feira em uma área usada como acampamento, anunciou a Defesa Civil.

O incêndio matou 18 pessoas e deixou 43 feridos em Uargla (800 km ao sudeste de Argel), informou o coronel Faruk Ashur.

Até o momento, as autoridades não conseguiram determinar a origem da tragédia e a nacionalidade das vítimas.

Mais de 600 pessoas estavam no local ocupado pelos migrantes, segundo o coronel.

A polícia e a prefeitura abriram uma investigação sobre o incêndio. As autoridades não descartam a possibilidade da tragédia ter sido provocada por um sistema de aquecimento improvisado para ajudar os migrantes a enfrentar a queda das temperaturas.

A Argélia se tornou um destino privilegiado para os migrantes subsarianos ante o caos reinante na Líbia. Várias ONG’s denunciam o aumento do racismo, inclusive na imprensa, com o fluxo migratório. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA