Huíla: Polícia realça organização da peregrinação à Muxima do Toco

Peregrinos no Toco (Foto: Morais Silva)
Peregrinos no Toco (Foto: Morais Silva)
Peregrinos no Toco (Foto: Morais Silva)

O Comando Provincial da Policia Nacional considerou nesta terça-feira, no Lubango, de positivo o nível organizativo da IV edição da peregrinação ao Santuário da Nossa Senhora da Muxima do Toco, decorrida durante dois dias naquela localidade do município sede da Huíla, sem ocorrência de incidentes.

Ao proceder ao balanço à Angop, nesta urbe, o porta-voz da corporação superintendente-chefe Paiva Tomás, no quadro da “Operação Toco”, em que estiveram envolvidos um número considerável de efectivos da PN, o responsável disse não ter-se registado anomalias que colocassem em risco a integridade física dos peregrinos.

Paiva Tomás considerou ser habitual este nível de comportamento no seio da população local, sempre que acontece actividades do género ou outros eventos de índole politico, social e cultural.

Para o efeito, endereçou os seus parabéns à direcção da Paróquia da Nossa Senhora da Muxima, por ter mobilizado os seus fiéis, bem como da população que esteve nos arredores a acompanhar a referida peregrinação, o que levou a Policia Nacional a exercer a sua actividade sem qualquer problema.

Pelo menos oito mil peregrinos estiveram presentes no evento, representando oito províncias, designadamente, Luanda, Huíla, Malanje, Cunene, Benguela, Namibe, Huambo e Cuando Cubango.

Com uma superfície territorial de três mil e 140 quadrados, o município do Lubango tem uma população estimada em 731 mil e 575 habitantes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA