Huambo: Cidadão acusado de ter falsificado moeda estrangeira começou a ser julgado

justiça (DR)
justiça (DR)
justiça (DR)

O tribunal da província do Huambo deu inicio ao julgamento, sexta-feira, do cidadão Simão Mupunga dos Santos, detido em Abril deste ano, pela Polícia Nacional, após ter sido encontrado com um milhão de dólares norte-americanos falsos.

Na primeira sessão do julgamento, o juiz da causa, Osvaldo Chicossi Braga Malanga, auscultou os agentes do Serviço de Investigação Criminal, órgão operativo da Polícia Nacional, sobre o motivo e o processo que levou a detenção do réu, actualmente em liberdade.

Os agentes auscultados responderam que o cidadão em causa foi detido um dia depois do serviço de investigação criminal ter recebido uma denúncia anónima.

Segundo os declarantes, o réu informou, no momento da sua detenção, que adquiriu o referido montante na vizinha República da Namíbia e tinha o Huambo como local de trânsito, uma vez que o seu destino era a capital do país (Luanda).

Depois de auscultados, o juiz Osvaldo Braga Malanga ouviu, também, o advogado de defesa, que considerou improcedentes as acusações do Serviço de Investigação Criminal e do relatório feito pelo Banco Nacional de Angola, confirmando a falsidade das cédulas, exigindo, deste modo, provas materiais de algumas notas, uma vez que não teve contacto com as mesmas.

A leitura da sentença deverá acontecer, segundo apurou a Angop, após as alegações finais marcadas para a próxima terça-feira (1 de Dezembro). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA