Gerente é preso após dar bananas a homens negros como forma de ‘homenagem’

(Foto: Arquivo pessoal)
(Foto: Arquivo pessoal)
(Foto: Arquivo pessoal)

O gerente de um restaurante foi preso em flagrante por injúria racial na última sexta-feira (20), no Rio de Janeiro. O homem teria dado bananas a três homens negros como “homenagem” ao feriado da Consciência Negra.

Ascendino Correia Leal foi levado para o 19º DP na Tijuca após os entregadores o denunciarem. Leonardo Valentim, motorista de caminhão que entregava bebidas no local, afirmou que estava acompanhado de dois entregadores no momento do crime.

“Ele foi em cada um de nós e ofereceu as bananas e disse que era em homenagem ao Dia da Consciência Negra. E ainda completou que ‘é uma para cada um que vocês, que são todos da mesma raça”, explicou Leonardo em entrevista ao “G1”.

(Foto: Arquivo pessoal)
(Foto: Arquivo pessoal)

De acordo com o delegado, o homem acreditou estar fazendo uma brincadeira inocente com base em seus depoimentos. William Dias Delfim, outro dos entregadores, afirmou que o homem voltou para o restaurante rindo na tentativa de deixar o local, mas foi impedido por Leonardo que iniciou uma discussão e chamou a polícia.

Ascendino foi liberado no mesmo dia após pagar fiança de R$ 800 e poderá ser condenado de 1 a 3 anos de prisão. “A gente vê isso acontecendo pela TV, com jogadores de futebol, e até com artistas, como a Taís Araújo, e não imagina que uma coisa dessas vai acontecer com a gente”, completou Leonardo. (yahoo.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA