FARC propõe a governo colombiano ‘trégua bilateral prévia’ ao cessar-fogo

(AFP)
(AFP)
(AFP)

A guerrilha comunista das FARC propôs neste domingo ao governo colombiano uma “trégua bilateral prévia” ao cessar-fogo definitivo na Colômbia, para “salvar” a trégua unilateral que decretou em Julho e garantir “o melhor ambiente” nas negociações de paz em Havana.

“Propomos ao governo e ao país entrar já, sem condições que apenas levantam desconfiança, em uma trégua bilateral prévia, como passo gradual ao cessar-fogo bilateral e definitivo que já estamos visando”, declarou a guerrilha em um comunicado, lido para a imprensa por seu chefe negociador, Iván Márquez.

“Sem mesquinhez e nem cálculos políticos, já deveríamos estar neste cessar-fogo bilateral”, completou Márquez, que não precisou os termos da “trégua bilateral prévia” proposta ao governo de Juan Manuel Santos.

Contudo, destacou que “o objectivo, por agora, é salvar a trégua unilateral decretada pelas FARC desde o último 20 de Julho, gesto humanitário sitiado pelas operações militares em todo o continente” e “garantir o melhor ambiente para continuarmos as conversações que desejamos que nos conduzam à assinatura do acordo final”.

O conflito armado colombiano, no qual participaram guerrilhas, paramilitares e agentes do Estado, fizeram em meio século 220.000 mortos e seis milhões de deslocados. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA