EUA investiga Wal-Mart por corrupção no Brasil

(Foto: Joe Raedle/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos)
(Foto: Joe Raedle/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos)
(Foto: Joe Raedle/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos)

A rede de varejo Wal-Mart é alvo de uma investigação por parte das autoridades americanas por envolvimento em corrupção no Brasil, revela nesta terça-feira Wall Street Journal, citando documentos e fontes ligadas ao caso.

Os investigadores federais se concentram, particularmente, em 500 mil dólares pagos a uma pessoa supostamente contratada pela Wal-Mart para servir de intermediária junto ao governo brasileiro, informa o jornal.

A pessoa em questão, que não é identificada, teria ajudado a Wal-Mart a obter licenças, incluindo autorizações para construir em dois pontos de Brasília entre 2009 e 2012.

Representantes e altos funcionários do departamento de Justiça, da autoridade do mercado de valores (SEC), da Receita e do FBI (polícia federal) ouviram depoimentos prestados às autoridades brasileiras no início do mês.

A investigação se encontra em uma etapa preliminar e faz parte de uma operação mais ampla, sobre as actividades da Wal-Mart na América Latina, principalmente no México.

“Como dissemos desde o início, cooperamos totalmente com o governo neste caso, mas não vamos fazer mais comentários”, informou à AFP Greg Hitt, porta-voz da Wal-Mart. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA