Estado-maior russo confirma a morte de um dos pilotos do caça abatido pela Turquia

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Um dos dois pilotos do caça Su-24 abatido pela Turquia perto da fronteira com a Síria foi morto quando descia de para-quedas depois de ejectar, anunciou o estado-maior russo, citando informações preliminares.

“O local da queda do avião russo se encontra em território sírio, a quatro quilómetros da fronteira. A tripulação da aeronave se ejectou.

De acordo com informações preliminares, um dos pilotos morreu no ar, atingido por tiros disparados do chão”, declarou o general Sergei Roudskoï, de acordo com comentários transmitidos pela televisão. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA