Embaixador destaca contribuição da China

Garcia Bires, Embaixador de Angola na China (Foto: Francisco Miudo/arquivo)
 Garcia Bires, Embaixador de Angola na China (Foto: Francisco Miudo/arquivo)

Garcia Bires, Embaixador de Angola na China (Foto: Francisco Miudo/arquivo)

O embaixador de Angola na República Popular da China, João Garcia Bires, agradeceu, em Beijing, ao povo e Governo Chinês, pela sua amizade e cooperação na reconstrução de Angola.

O diplomata falava perante diplomatas acreditados na capital chinesa, comunidade angolana e outros convidados, durante os festejos do 40º aniversário da independência de Angola.

“Passados nove anos, isto é em 2002, a pedido do Executivo Angolano, estando criado o ambiente de paz e garantida a segurança, factores necessários para o crescimento e aprofundamento da cooperação, Angola pela primeira vez beneficiava dos primeiros créditos da República Popular da China e até a presente data os imputs concedidos e que têm sido agregados por este país amigo, têm conhecido uma dinâmica jamais vista”, reconheceu.

Noutra parte do seu discurso, lembrou que a cooperação entre Angola e a China não é somente estratégica, mas também um vivo exemplo de cooperação sul-sul e atingiu patamares que a transforma numa verdadeira história de sucesso.

Na cerimónia, prestigiada com a presença de Zhou Xiaochuan, governador do Banco Central da China e Vice-Presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chines,o diplomata angolano louvou a iniciativa do Presidente Xi Jinping de revitalizar as velhas rotas comerciais que atravessam a Ásia.

Disse que as rotas consistem na articulação de uma grande rota comercial numa área que agrupa quase metade da humanidade e em que a comunicação, transporte, comércio e intercâmbios, tecnologia figuram entre as prioridades.

Mais de 300 jovens leccionam nas mais diversas instituições de ensino da China, um dos principais parceiros comerciais de Angola com trocas comerciais no valor de 15.564 milhões de dólares, segundo as últimas estatísticas divulgadas recentemente.

No próximo mês de Dezembro, realiza-se na África do Sul a primeira Cimeira de Chefes de Estado e de Governos Membros do Fórum de Cooperação China-Africa. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA