Embaixada de Angola em Cuba celebra os 40 anos de independência

Estudantes finalistas angolanos em Cuba (Foto: divulgação/arquivo)
Estudantes finalistas angolanos em Cuba (Foto: divulgação/arquivo)
Estudantes finalistas angolanos em Cuba (Foto: divulgação/arquivo)

A embaixada de Angola em Cuba e o Museu “Casa de África” realizaram uma actividade cultural alusiva as comemorações do 40º Aniversário da Independência de Angola, a assinalar-se dia 11 próximo.

Participaram na actividade, entre outros, o chefe da Missão Diplomática em Cuba, José César Augusto “Kiluanji”, e o Director da Casa Museu de África, Alberto Granado, este último procedeu a abertura.

Na ocasião foi dedicado um minuto de silêncio ao combatente e amigo de Angola, Jorge Risquet Valdés Saldaña, membro do Comité Central do Partido Comunista de Cuba.

A especialista principal em museu Adriana Pérez Pérez dissertou sobre os elementos culturais de Angola e suas obras, que mostram a acção e o pensar da vida.

O Presidente da Associação de Combatente da Revolução Cubana e Presidente da Associação de Amizade Cuba-África, Comandante Victor Dreke, a antiga Embaixadora de Cuba em Angola, Noemy Benitez, combatentes internacionalistas cubanos e funcionários do corpo diplomático acreditado em Cuba acompanharam a projecção do documentário “Bem vindo Angola”.

No âmbito do 40º Aniversário da proclamação da Independência Nacional a Casa Museu de África desenvolve uma serie de actividades como aulas ministradas pelos combatentes internacionalistas cubanos que estiveram em Angola.

María de los Ángeles, integrante do primeiro regimento de Baterias Anti-aéreas, que chegou a Angola em 1989, falou com muita saudade aos estudantes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA