Diversidade da fauna e flora do Okavango apresentado pela Nacional Geographic

Logomarca do OKACOM (Foto: Lino Guimaraes)
Logomarca do OKACOM (Foto: Lino Guimaraes)
Logomarca do OKACOM (Foto: Lino Guimaraes)

A diversidade, o desenvolvimento e a descoberta de algumas espécies da flora e fauna da região que compõem a bacia do rio Okavango, descobertas pelos membros da expedição do programa Nacional Geographic, foram apresentados hoje em Luanda ao investigadores e parceiros da OKACOM.

O filme denominado o “Regresso do Okavango” produzido em quatro meses, retracta a diligência feita pelo programa Nacional Geographic, no que toca a investigação da biodiversidade na bacia do Okavango, a partir de uma das suas nascentes no rio Cuíto, em Angola, até a sua foz nas areias do Kalahari, no Botsuana.

A apresentação do documentário, com cerca de duas horas de duração, que teve como orador principal o pesquisador Steves Boys visou retractar igualmente os propósitos da expedição, principais resultados, novas descobertas cientificas e lições aprendidas.

De acordo com o presidente em exercício do Comité Directivo da Bacia do Rio OKavango ( OBSC),Carlos Andrade, que falava à Angop, a margem da actividade, o evento enquadra-se na agenda da 31º reunião ordinária do OBSC que decorreu de 25 a 25 de Novembro em Luanda, onde Angola ocupa a presidência.

Disse que com a investigação feita, novas espécie foram descobertas na região, com base nisto decorre um trabalho realizado pelos investigadores que já se encontram na fase de análise dos elementos recolhidos tantos da fauna como da flora.

Destes citou os anfíbios, aves, repteis, mamíferos, dizendo que já existem alguns indicadores para plantas, aves e repteis sobre o surgimento de novos géneros tanto para o local de recolha, assim como para a ciência.

Para o responsável, com a divulgação do filme a nível do mundo espera-se mostrar a importância e riqueza que a bacia do Okavango tem, a biodiversidade e os variados ecossistemas existentes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA