Cunene: Protecção Civil assegura abastecimento regular de água as vítimas da seca

Populares afectados pela seca aguardam distribuição de água (Foto: José Cachiva)
Populares afectados pela seca aguardam distribuição de água (Foto: José Cachiva)
Populares afectados pela seca aguardam distribuição de água (Foto: José Cachiva)

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB) na província do Cunene procedeu no decurso desta semana a distribuição de 480 mil litros de água potável à população afectada pela seca nos municípios do Cuanhama, Ombadja, Namacunde e Cahama.

O processo de distribuição de água que é feita através de camiões cisternas, visou minimizar a falta de água que as comunidades rurais enfrentam, uma vez que os tradicionais reservatórios de água (chimpacas) encontram-se secas, devido a escassez de chuvas registadas nos últimos três anos.

De acordo com a porta-voz do órgão, Ndemuetela Domingos, a água beneficiou a população residente nas localidades de Onameva , Nehone, Okanautoni, Chiulo, sede da Santa Clara e Cahama, cujo processo será contínuo.

Ndemuetela Domingos disse que a situação actual é considerada crítica para as populações e o seu gado, devido à escassez de água e de pasto, facto que obriga o Serviços de Protecção Civil e as administrações locais a continuar a abastecer a população, sobretudo a residente no meio rural.

Entretanto, dados do governo do Cunene, dão conta da existência de 755 mil 678 pessoas e 508 mil cabeças de gado que se encontram ameaçadas por falta de alimento, água e pasto a nível dos seis municípios. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA