Cunene: Minars controla mais de 16 mil idosos

Director provincial da Assistência e Reinserção Social (Foto: Fabiana Hitalukua)
Director provincial da Assistência e Reinserção Social (Foto: Fabiana Hitalukua)
Director provincial da Assistência e Reinserção Social (Foto: Fabiana Hitalukua)

Dezasseis mil e 288 idosos de ambos os sexos são controlados nos municípios do Cuanhama, Cahama, Ombadja, Cuvelai, Curoca e Namacunde pela direcção da Assistência e Reinserção Social (MINARS) na província do Cunene.

A informação foi prestada nesta segunda-feira à Angop pelo director da instituição, Mateus Ndulipoupyo, a propósito do Dia Nacional do Idoso, que se assinala a 30 de Novembro, e deu a conhecer que a anciã Madalena Ndeutya, de 125 anos, residente nos arredores da missão católica de Omupanda é a pessoa mais velha da região.

Esclareceu que os idosos, na sua maioria do sexo feminino, beneficiam de protecção social, através da implementação de programas de melhoramento de abrigo, terapia ocupacional, geração de trabalho, renda e assistência alimentar.

De acordo com o responsável, o Minars tem distribuído chapas de zinco, principalmente para aqueles que não dispõem de casa própria com mínimas condições de habitabilidade, enquanto que na terapia ocupacional são dirigidas algumas acções de sensibilização aos idosos no sentido de se envolverem em actividade artesanal de modo a produzirem renda em benefício próprio.

Mateus Ndiulipopiu apontou também a distribuição de moto táxis às cooperativas e motorizadas de forma individual, no quadro do programa de geração e renda, bem como da distribuição gratuita de bens alimentares, roupas usadas, cobertores, utensílios de cozinha, entre outros.

O Dia do Idoso em Angola foi instituído em sinal de respeito e reconhecimento dos feitos de milhares de homens e mulheres da terceira idade. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA