Cunene: Alfândega apreende 280 mil dólares americanos por transgressão cambial

Anlide Lufungula - chefe da Delegação Aduaneira de Santa Clara no Cunene (Foto: Osvaldo de Jesus)
Anlide Lufungula - chefe da Delegação Aduaneira de Santa Clara no Cunene (Foto: Osvaldo de Jesus)
Anlide Lufungula – chefe da Delegação Aduaneira de Santa Clara no Cunene (Foto: Osvaldo de Jesus)

Duzentos e oitenta mil dólares norte-americanos e 146 mil e 900 dólares namibianos, em posse de dois cidadãos chineses foram apreendidos por transgressões cambias nesta terça-feira, na zona fronteiriça de Santa Clara, pela delegação Aduaneira da província do Cunene.

De acordo com o delegado da delegação aduaneira de Santa Clara, Anlinde Lufungula, a apreensão dos valores em causa resultou de uma operação denominada “Tempestade Canina” que decorre desde o principio do mês em curso na zona fronteiriça com a República da Namíbia.

Segundo fez saber a mesma operação conta com auxilio de quatro canídeos e efectivo do grupo de fiscalização técnica, enquadra-se no âmbito da aplicação das medidas que visam evitar o transporte de avultadas somas monetárias para o exterior do país.

Disse ser frequente a saída de avultadas somas em moeda nacional e estrangeira para a Namíbia, com objectivo de custear a importação de bens e serviços, sem, no entanto, observarem as regras de transferência de valores monetários, o que constitui fuga de capitais.

Arlinde Lufungula explicou que os valores em causa encontravam-se no interior de uma viatura de marca Nissam , na caixa onde normalmente e posto a caixa de ferramenta, quando dois cidadãos chineses provenientes da província do Cuanza Sul tentavam transpor a fronteira de Santa Clara para Namíbia

Frisou que os valores apreendidos serão encaminhados a delegação regional sul do Banco Nacional de Angola, enquanto os proprietários entregues aos órgãos de justiça. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA