Cuanza Norte: Chuvas constantes comprometem cultivo do feijão

(Foto: Agostinho Kilemba/Arquivo)
(Foto: Agostinho Kilemba/Arquivo)
(Foto: Agostinho Kilemba/Arquivo)

As chuvas constantes que se fazem sentir desde o início da presente campanha agrícola (Setembro) no município da Banga, província do Cuanza Norte, estão a comprometer a cultura de feijão nos campos preparados pelos camponeses.

Em declarações hoje, quarta-feira, à Angop, na localidade, o responsável da UNACA na circunscrição, Álvaro Domingos Lourenço, citando os camponeses, afirmou que as chuvas que caem diariamente estão a condicionar o desenvolvimento das sementes de grãos lançadas à terra.

Domingas Miguel Zua, camponesa, mostrou-se preocupada com o fenómeno, já que a queda, sem intervalos, das chuvas está a prejudicar a cultura de feijão.

“Estamos aflitos com o excesso de chuvas, pois que não nos permite nem mesmo secar o bombom ”, referiu.

O município da Banga é potencialmente agrícola, sendo a mandioca, ginguba, feijão, batata-doce, banana e citrinos, os produtos mais cultivados. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA