Cimeira de Malta procura soluções para a crise de refugiados (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

Os líderes europeus e africanos reunem-se pelo segundo dia consecutivo tendo em vista a discusão de soluções para a crise de migrantes e refugiados.

Em La Valletta, capital de Malta, a pressão cresce em torno dos responsáveis europeus para que uma solução seja encontrada rapidamente face ao fluxo crescente de migrantes clandestinos.

“O problema que nós enfrentamos hoje é em parte porque a Europa, alguns países na Europa, comportam-se como uma fortaleza. Nenhum país do mundo pode ser uma fortaleza. Nós deveríamos estar abertos à migração legal”.

Este encontro serviu para falar dos campos de refugiados e da gestão de fronteiras assim como da partilha de informações para combater os traficantes.

“O objectivo principal é não limitar o número de pedidos de asilo mas melhorar o controle deste fluxo excessivo”.

De acordo com medidas já discutidas e aprovadas pelas instituições, os representantes europeus deverão formalizar um apoio financeiro adicional aos vários instrumentos já existentes.

O enviado da euronews, comenta:

“Com pequenos progressos sobre as políticas de asilo para África, a União Europeia procura uma estratégia comum e coerente para fazer face à crise migratória. Na verdade a coligação política precisa da ajuda das nações africanas como também da Turquia. Parece que a estratégia da Europa é tentar que alguém se encarregue de resolver todos estes problemas.” (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA