China: Embaixador angolano considera juventude parte activa na implementação do programa do governo angolano

Garcia Bires, Embaixador de Angola na China (Foto: Francisco Miudo/Arquivo)
 Garcia Bires, Embaixador de Angola na China (Foto: Francisco Miudo/Arquivo)

Garcia Bires, Embaixador de Angola na China (Foto: Francisco Miudo/Arquivo)

O Embaixador de Angola na República Popular da China, João Garcia Bires, apelou em Beijing a juventude angolana para ser parte activa na implementação do programa do governo em curso no país estando em alerta permanente para que a chama acesa por aqueles que lutaram pela nossa independência não se apague.

O diplomata falava durante uma palestra subordinando ao tema “ os desafios actuais da juventude para o engrandecimento de Angola”inserido nas jornadas comemorativas ao quadragésimo aniversario da independência de Angola.

Discursando para uma plateia de estudantes e diplomatas angolanos na capital chinesa, Garcia Bires, um dos nacionalistas que muito cedo se juntou aos outros jovens contribuindo com o seu saber em várias etapas do processo politico angolano, fez uma retrospectiva da trajectória de Angola até chegar ao dia 11 de Novembro de 1975.

O diplomata angolano lembrou os grandes desafios que a juventude angolana tem pela frente, sobretudo nesta etapa que mais se sente situações que visam desestabilizar e tentam dividir os africanos.

Ainda no âmbito das jornadas alusivas aos 40 anos da independência de Angola,foi realizado em Beijing um torneio de futebol com quatro equipas de diferentes nacionalidades entre outras actividades culturais.

Actividades identicas realizam-se em várias cidades chinesas para festejar o dia da liberdade.

Mais de 300 jovens leccionam nas mais diversas instituições de ensino da China, um dos principais parceiros comerciais de Angola com trocas comerciais no valor de 15.564 milhões de dólares segundo as últimas estatísticas divulgadas recentemente. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA