Chefe de serviço da Segurança Social de Lisboa detido

(DR)
(DR)
(DR)

Quadro da Segurança Social detido por suspeitas de corrupção.

A Polícia Judiciária deteve o chefe de serviço da Segurança Social de Lisboa por suspeitas de corrupção passiva e ativa, falsificação de documentos, falsidade informática e burla ao Estado.

A notícia é avançada pela SIC Notícias, que indica que também o tio deste funcionário foi detido pelas autoridades.

A Polícia Judiciária está, neste momento, no centro distrital de Lisboa a efetuar buscas. O mesmo procedimento foi feito em seis residências e três empresas.

Segundo acrescenta o Diário de Notícias, acredita-se que o quadro da Segurança Social tenha recebido dinheiro para alterar dados das reformas e anular dívidas de empresas.

Em comunicado, o Instituto da Segurança Social afirma que a investigação foi desencadeada por uma participação do Instituto da Segurança Social à Polícia Judiciária e foi “o resultado de uma estreita articulação que o Instituto tem vindo a desenvolver com aquela entidade”.

“A investigação teve origem numa sinalização interna dos serviços de eventuais irregularidades e posterior auditoria e investigação, também internas, que terminaram com o envio de uma participação às entidades judiciárias competentes”, explica no comunicado.

Para a Segurança Social, esta situação é “o resultado da eficácia dos instrumentos e mecanismo de controlo interno que têm vindo a ser implementados no Instituto da Segurança Social ao longo dos últimos anos”.

Durante a operação foram constituídos também 10 arguidos, que vão ser presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação, conclui a nota da PJ.

A operação foi realizada por elementos da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) , no âmbito de um inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA