Cerco do Estado Islâmico à base aérea estratégica está por um fio

(Ministério da Defesa da Rússia)
(Ministério da Defesa da Rússia)
(Ministério da Defesa da Rússia)

Fontes militares informaram à agência FARS que as forças aéreas da Rússia e da Síria iniciaram uma grande ofensiva contra os últimos focos de resistência do Estado Islâmico junto à base aérea de Kuweires, no sudeste da província de Aleppo, que há mais de dois anos está cercada pelo grupo jihadista.

O Exército sírio, os combatentes do Hezbollah e a Força de Defesa Nacional (guarda organizada para a guerra com serviço voluntário) estão aguardar apenas o sinal verde do comando das operações para iniciar as incursões por terra. Unidades com morteiros também estão atacando os terroristas como forma de enfraquecer as linhas de defesa jihadistas.

Dezenas de militantes do Estado Islâmico já teriam morrido na operação com o grupo extremista precisando recuar suas linhas para menos de um quilómetro da base de Kuweires. Diariamente, as forças sírias com o apoio russo avançam para livrar a estratégica instalação do cerco aos terrorista. (sputniknews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA