Câmbio ‘certo’ devia ser de 150 a 175 Kz por dólar

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Quem o diz é o Fundo Monetário Internacional, que cita o aumento do diferencial entre a taxa de câmbio praticada pelas kinguilas e a taxa de referência do Banco Nacional de Angola como prova da persistência dos desequilíbrios no mercado cambial.

O dólar devia valer entre 150 Kz e 175 Kz, de acordo com cálculos do Expansão a partir de dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) constantes do relatório do corpo técnico da instituição sobre as consultas de 2015 ao abrigo do artigo IV.

“Os modelos empíricos sugerem que a taxa de câmbio efectiva real poderia estar sobrevalorizada em 10%-30%”, lê-se no documento. “Embora a taxa de câmbio oficial do kwanza face ao dólar americano tenha diminuído quase 30% desde Setembro de 2014, os desequilíbrios do mercado cambial persistem”, garantem os técnicos do Fundo.

Em Setembro de 2014, a taxa de câmbio média de referência do Banco Nacional de Angola (BNA) era de 98,3 Kz por USD, e a 14 de Outubro de 2105, data do relatório, ascendia a 135,3 Kz, uma desvalorização de 27,3% da moeda nacional face à nota verde, que terá ficado aquém do desejado. (expansao.ao)

Por: Carlos Rosado de Carvalho

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA