Cabo Verde é a primeira a chegar para Taça Lwini

11ª Edição Taça Lwini (Foto: Joaquina Bento)
 11ª Edição Taça Lwini (Foto: Joaquina Bento)

11ª Edição Taça Lwini (Foto: Joaquina Bento)

Composta pelos fundistas Carlos Araújo (T46), Jailson Moreira (T47), além do treinador e chefe de delegação, Isaías Spínola, Cabo Verde chegou nesta quinta-feira a Luanda, constituindo-se na primeira delegação estrangeira já no palco da Taça Lwini.

Carlos Araújo leva já cinco participações neste evento anual com destaque para a edição de 2013 em que ficou em 3º lugar e 2014 em 5º . Já Jailson Moreira participou em 2011 mas lesionou-se durante a corrida tendo cortado a meta a coxear e em último posto, sendo que em 2014 obteve a 4ª posição.

A Angop apurou junto do Comité Paralímpico Angolano (CPA) co-organizadora do evento, juntamente com a Fundação Lwini, que os três membros do conjunto cabo-verdiano ficarão alojados no Futungo II, tal como os restantes participantes também das modalidades de basquetebol em cadeira de rodas e futebol com muletas.

A prova de atletismo será a única de carácter internacional com a participação de 12 atletas de Cabo Verde, São Tomé, Moçambique e Namíbia e mais 105 concorrentes das 18 províncias de Angola.

De acordo com o CPA, outros representantes estrangeiros chegam ao país sexta-feira para o evento que inicia no mesmo dia em basquetebol em cadeira de rodas e encerra domingo com futebol com muletas e uma corrida de dez quilómetros com início às 8 horas com o percurso: instalações da Fundação Lwini, sede do MPLA – quartel dos Bombeiros – largo da Independência – avenida Hochi-Min largo das Heroínas – largo 21 de Janeiro – avenida Revolução de Outubro e Campo 22 de Junho.

A Fundação Lwini é liderada pela Primeira-dama de Angola, Ana Paula dos Santos (patrona). É uma instituição sem fins lucrativos fundada a 30 de Junho de 1998 e tem como objectivo social angariar fundos e desenvolver acções de apoio fundamentalmente às vítimas de minas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA