Brasil registra 4.854 casamentos gays em 2014

(DW)
(DW)
(DW)

Número é 31,2% maior que o de 2013, mas se refere a 12 meses e não a apenas oito, como no ano anterior. Sudeste concentra maior número de uniões entre pessoas do mesmo sexo, com 60,7% do total.

O Brasil registrou 4.854 casamentos entre pessoas do mesmo sexo em 2014, o equivalente a um aumento de 31,2% em relação a 2013, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) legalizou a união civil entre homossexuais. O número representa 0,4% do total de casamentos realizados no país.

Os números fazem parte da Estatística de Registro Civil de 2014 e foram divulgados nesta segunda-feira (30/11) pelo IBGE. Porém, os dados de 2014 se referem aos 12 meses do ano, enquanto os de 2013 abrangem um período menor, já que somam as uniões registradas depois de 14 de maio, quando o matrimônio homossexual foi legalizado.

A Região Sudeste concentrou o maior número de uniões entre pessoas do mesmo sexo, com 60,7% do total. Depois vêm o Sul (15,4%), o Nordeste (13,6%), o Centro-Oeste (6,9%) e o Norte (3,4%). São Paulo é o estado com o maior número de uniões homossexuais.

Os números de casamentos entre homens e entre mulheres são praticamente iguais. Em 2014, foram 2.440 uniões entre mulheres (50,3%) e 2.414 entre homens (49,7%).

Até maio de 2013, a lei brasileira previa apenas a união estável de pessoas do mesmo sexo, que oferece direitos equivalentes a um casamento, ainda que seus membros sejam considerados solteiros e tenham limitações quanto a heranças e outras garantias reservadas aos matrimônios heterossexuais. A decisão do CNJ legalizou a figura do matrimônio homossexual e a equiparou em termos de direitos ao matrimônio heterossexual.

O IBGE também divulgou que, em 2014, houve 1,1 milhão de matrimônios heterossexuais. A duração média dos casamentos caiu para 15 anos, e o total de divórcios chegou a 341.181, alta de 0,5% frente a 2013. (dw.de)

AS/efe/abr

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA