Bons hábitos alimentares previnem diabetes

O rastreio da diabetes deve ser uma preocupação (Foto: Morais Silva)
O rastreio da diabetes deve ser uma preocupação (Foto: Morais Silva)
O rastreio da diabetes deve ser uma preocupação (Foto: Morais Silva)

A sociedade deve continuar a pautar pelos bons hábitos alimentares para reduzir os riscos de desenvolver a diabetes mellitus e a obesidade, exortou nesta segunda-feira, em Luanda, a médica endocrinologista , Eunice Sebastião.

Segundo a especialista, que falava na dissertação de um tema ligado aos cuidados da alimentação na prevenção da doença, durante um worshop sobre” Diabetes Mellitus”, o controlo da diabetes e prevenção da obesidade, passa por uma uma dieta saudável, rica em fibras e a prática de exercícios físicos.

Referiu que a população deve procurar manter um estilo de vida equilibrada, sem esquecer de integrar na sua dieta alimentar as fibras, porque dão maior sensação de saciedade e retardam a absorção de açúcar.

“A roda dos alimentos é um símbolo do que se pretende, e cada grupo ocupa um espaço correspondente à proporção do que deve estar presente na alimentação diária”, recomendou Eunice Sebastião.

Aconselhou a todos a evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, comidas com bastante gordura, o uso de açúcar, tendo como preferência o adoçante.

Para si, a educação alimentar e a prática de actividade física continuam a ser as formas de prevenção desta doença.

A médica fez saber que o país continua a registar novos casos da diabetes mellitus entre a população, considerando como um caso preocupante que merece grande atenção no sector da saúde.

Alertou a todos a fazer o rastreio, porque se algum familiar tiver a patologia, mais facilmente outros membros estarão propensos a contrair a doença.

Afirmou que a diabetes mellitus é um dos causadores das amputações não traumáticas dos membros inferiores e superiores de muitas pessoas, bem como causa problemas ao nível dos olhos, rins, levando mesmo à morte.

A diabetes é uma doença crónica, caracterizada pela produção insuficiente de insulina ou por uma incapacidade do corpo, resultando numa deficiente capacidade do organismo na utilização da glucose.

Urinar com muita frequência, a falta de energia, perda de peso não intencional, sede excessiva, são alguns dos sinais de alerta da diabetes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA