Bengo: Governante apela aos jovens a seguir exemplos dos heróis nacionais

Vice-governador do Bengo para os serviços técnicos e infraestruturas, José Armando Campos Major (Foto: Adão João Pedro)
 Vice-governador do Bengo para os serviços técnicos e infraestruturas, José Armando Campos Major (Foto: Adão João Pedro)

Vice-governador do Bengo para os serviços técnicos e infraestruturas, José Armando Campos Major (Foto: Adão João Pedro)

O vice-governador do Bengo para os serviços Técnicos e Infraestruturas, José Armando Campos Major, apelou hoje, em Caxito, aos jovens a seguirem os exemplos daqueles que contribuíram para a libertação dos angolanos do jugo colonial português.

Em declarações à Angop, no quadro dos 40 anos da Independência Nacional, o governante reforçou que só deste modo será possível homenagear condignamente os feitos dos nacionalistas.

Referiu que as infraestruturas que o Governo do Bengo tem erguido devem, necessariamente, ser protegidas para que venham a beneficiar as gerações vindouras.

Acrescentou que o governo continuará a apostar na construção de mais residências para os jovens, espaços de lazer e escolas, com vista a melhorar as condições de vida das populações.

Sublinhou ainda necessidade de os jovens terem calma e a não serem imediatistas, apostando na formação técnico profissional e académico, para darem o seu contributo na reconstrução do país.

“O governo do Bengo continuará a apostar e direccionar muitos dos seus projectos à juventude e esta deve, igualmente, saber preservar e contribuir com ideias construtivas para que haja bons êxitos”, enfatizou.

Destacou, dentre várias realizações do governo ao longo dos 40 anos de Independência Nacional, a construção de fogos habitacionais nos municípios, estradas, escolas e unidades hospitalares.

As celebrações dos 40 anos da Independência Nacional na província do Bengo foram marcadas, entre outras, com a realização de um desfile cívico, deposição de coroa de flores no busto do fundador da Nação, António Agostinho Neto, e uma homenagem aos heróis da pátria. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA