Benfica sua para bater Galatasaray e fica com pé nos ‘oitavos’

(Reuters)
(Reuters)
(Reuters)

Jonas (52’) e Luisão (66’) asseguraram vitória do Benfica. Podolsky ainda assustou ao igualar a partida, mas Benfica voltou a mostrar face da ‘Champions’ e venceu, subido ao primeiro lugar do grupo C e carimbando praticamente a passagem à fase seguinte da prova.

Na receção ao Galtasaray, o Benfica começou o encontro tal como havia feito no segundo tempo, mas o desfecho não foi o mesmo. Gaitán, numa brilhante jogada individual passou por dois defesas e tentou o golo, mas o remate saiu muito forte. Os minutos que se seguiram foram de absoluto domínio do Benfica.

Gaitán foi o motor durante todo o primeiro tempo e contou com a aplicação de Gonçalo Guedes, incansável em cada disputa de bola. Os extremos tinham a mais em inspiração o que faltava aos avançados Jonas e Jiménez, engolidos pela defesa. Realce para dois bons passes a rasgar a defensiva, para Jonas e Guedes, mas ambos não tiveram arte para finalizar.

O Galatasaray que se apresentou de tração defensiva, apenas tentou o golo por intermédio de contra-ataques. Sem efeito. A estratégia dos ‘leões de Istambul’ passava por baixar o ritmo do jogo, mas a estratégia não funcionou.

O intervalo parece ter feito bem a ambas as equipas e Jonas, logo aos 52’ abriu o marcador, para alívio dos adeptos. Mas, mais uma vez à imagem do que havia acontecido na jornada anterior, Podolsky fez questão de repor a igualdade no encontro seis minutos depois, aproveitando uma sobra na área do Benfica.

O jogo estava vivo e Luisão concretizou o segundo na sequência de um canto. O capitão apontou para a insígnia da UEFA onde se pode ler ‘respect’. Jiménez teve o terceiro nos pés, mas Muslera voltou a brilhar. Nos instantes finais o ‘Gala’ teve a sua melhor oportunidade com Chedjou a falhar com a baliza escancarada.

Nota para a expulsão de Gaitán por acumulação de amarelos, falhando o encontro com o Astana, a 25 de novembro. A turma da Luz subiu ao lugar 1º posto do grupo C, com nove pontos, mais dois do que o Atlético de Madrid que empatou a zero frente ao Astana. Galatasaray tem quatro pontos, mais dois do que o Astana, que é último.

Momento do jogo:

O segundo golo de Luisão caqrimbou a vitória e repôs a vantagem num momento crucial. O capitão encarnado mostrou que os líderes aparecem nos momentos mais complicados e acalmou a equipa, numa altura em que esta já começava a desesperar com tanta oportunidade e tão pouco acerto. Luisão carimbou o triunfo da equipa que mais trabalhou para vencer e foi decisivo no primeiro tento ao assistir Jonas. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA