Atentado na Nigéria faz 32 mortos

Local de ataque do Boko Haram, em Maiduguri, no dia 21 de setembro de 2015 (Foto: Stringer/AFP/Arquivos)
Local de ataque do Boko Haram, em Maiduguri, no dia 21 de setembro de 2015 (Foto: Stringer/AFP/Arquivos)
Local de ataque do Boko Haram, em Maiduguri, no dia 21 de setembro de 2015 (Foto: Stringer/AFP/Arquivos)

Ao menos 32 pessoas morreram, nesta terça-feira, na explosão de uma bomba no meio da multidão na cidade de Yola, no nordeste da Nigéria – informaram a Cruz Vermelha e a Agência Nacional de Socorro.

A deflagração aconteceu na área de Jambutu, na capital do estado de Adamawa.

“Até agora, contabilizamos 32 mortos e cerca de 80 feridos”, declarou o coordenador da agência para Yola, Sa’ad Bello.

O balanço da Cruz Vermelha é ligeiramente inferior, de 31 mortos e 72 feridos.

Na sexta-feira passada, o presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, visitou Yola para condecorar soldados, visitar um campo de refugiados e prometer o fim do grupo jihadista Boko Haram, após seis anos de uma guerra que já provocou 17 mil mortos.

O local do atentado abriga um mercado, um restaurante e uma mesquita, informou Aliyu Maikano, funcionário da Cruz Vermelha.

Este é o primeiro atentado em Novembro na Nigéria, o que revela que a estratégia do Exército de cortar as fontes de financiamento do Boko Haram estar a dar resultados.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA