Angola/EUA: Georges Chikoti reúne com John Kerry

John Kerry e Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente/Arquivo)
John Kerry e Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente/Arquivo)
John Kerry e Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente/Arquivo)

O ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, reúne-se quarta-feira, em Washington, com o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, indica uma nota da diplomacia angolana, enviada hoje à Angop.

No encontro, Chikoti e Kerry deverão analisar questões atinentes ao terrorismo mundial, ao dossier sobre a Região dos Grandes Lagos, à situação de instabilidade no Burundi e no Sudão do Sul, às alterações climáticas, bem como ao reforço da cooperação Angola-EUA.

No mesmo dia, o chefe da diplomacia angolana vai participar do “Angola Day” – Dia de Angola – um evento a ser realizado no Woodrow Wilson Center, subordinado ao tema “Angola 40 anos: independência, paz, unidade nacional e desenvolvimento”, enquadrado nas celebrações do 40º aniversário da independência do país.

Da actividade de Georges Chikoti consta, para hoje, um pequeno-almoço de trabalho entre a delegação angolana e altos funcionários do Departamento de Estado e do Congresso norte-americano, oferecido pela agência de reflexão Atlantic Council.

Terça-feira, o ministro vai conceder audiência a um grupo de angolanos residentes na Florida, enquanto para quinta-feira está previsto um encontro com o corpo diplomático africano acreditado em Washington e com Sheba Crocker, assistente de John Kerry.

Neste encontro, prevê-se que as delegações analisem questões referentes ao Conselho de Segurança da ONU, do qual Angola é membro não permanente, bem como as missões de manutenção de paz, como é o caso da Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo (MONUSCO).

Antes de Washington, Georges Chikoti esteve em Brasília, onde foi condecorado, no dia 14 de Novembro, com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, uma distinção do governo brasileiro pelos 40 anos da independência de Angola e pelo dinamismo da cooperação entre Angola e o Brasil.

Ainda em Brasília, o ministro das Relações Exteriores co-presidiu, com o seu homólogo brasileiro, Mauro Vieira, um seminário sobre os 40 anos do estabelecimento das relações político-diplomáticas Angola-Brasil, realizado na última sexta-feira. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA