Alunos vencem e governo Alckmin anuncia suspensão do fechamento de escolas

(Yahoo.com)
(Yahoo.com)
(Yahoo.com)

A gestão do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), suspendeu a reorganização e o fechamento de escolas estaduais em 2016. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (19) pelo secretário Herman Voorwald, da Educação.

O anúncio de que a reorganização está suspensa foi feito em audiência de conciliação que contava com representantes do governo, professores e estudantes. A suspensão vai ocorrer, informou Voorwald, 48 horas após a desocupação das escolas.

Foram, no total, mais de 50 unidades de ensino ocupadas por alunos em São Paulo, sendo que em seis delas a ocupação foi feita por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). O governo Alckmin, agora, aguarda a desocupação total para cumprir o prometido.

As ocupações de escolas públicas em São Paulo começaram após informe da Secretaria de Educação de que havia previsão do fechamento de 94 colégios. Se colocado em prática, o plano seria responsável por transferir e realocar nada menos do que 311 mil alunos da rede pública paulista.

Ainda nesta semana, mais especificamente na segunda-feira (16), o plano do governo Alckmin já havia sofrido derrota na Justiça. Isso porque uma decisão em caráter liminar havia suspendido o fechamento da escola Braz Cubas, que fica em Santos. O pedido foi feito pela Defensoria Pública e a OAB. (yahoo.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA