Abertura dos mercados: Bolsas europeias sem tendência definida, petróleo em queda e euro em alta

(Negocios)
(Negocios)
(Negocios)

As bolsas europeias estão a negociar sem uma tendência definida esta quarta-feira, depois de duas sessões em queda. Os preços do petróleo estão a recuar nos mercados internacionais e euro está a subir.

Os mercados em números

PSI-20 soma 0,29% para 5.282,17 pontos

Stoxx 600 avança 0,07% para 375,90 pontos

Nikkei cedeu 0,39% para 19.847,58 pontos

Juros da dívida portuguesa a dez anos cedem 2,6 pontos base para 2,504%

Euro cresce 0,29% para 1,0674 dólares

Petróleo em Londres desliza 0,54% para 45,87 dólares o barril

Bolsas europeias

As bolsas europeias arrancaram a sessão desta quarta-feira, 25 de Novembro, sem uma tendência definida depois de duas sessões em queda. Ainda esta terça-feira, o sentimento dos investidores esteve centrado na tensão entre Turquia e Rússia. A Turquia abateu um avião da Rússia. Foram, precisamente, as tensões geopolíticas devido a este incidente – a Rússia já tornou público que vão existir consequências sérias – que marcaram a negociação nas praças asiáticas. O japonês Nikkei desvalorizou 0,39% e o Topix recuou 0,70%. Na China, por outro lado, o Shanghai Composite fechou em alta, somando 0,88%.

Na Europa, destaque para o francês CAC 40, que lidera as valorizações ao somar 0,39%. O principal índice holandês soma 0,38%. O Stoxx 600, índice de referência, cresce 0,07%. O PSI-20 sobe 0,29%.

Juros da dívida

Os juros da dívida pública portuguesa estão a recuar no mercado secundário. A dez anos, as “yields” cedem 2,6 pontos base para 2,504%. Isto num dia em que Portugal vai ao mercado com uma emissão de obrigações a dez anos e onde espera alcançar até mil milhões de euros. Entre os restantes países da Zona Euro, as “yields” estão a também a cair. A dívida italiana a dez anos recua 0,2 pontos base para 1,505%. E a dívida alemã segue inalterada a dez anos nos 0,517%. O prémio de risco da dívida nacional está a cair para os 197,7 pontos.

Euro em alta

A moeda única europeia continua – tal como já aconteceu na sessão de ontem – a negociar em alta ligeira, numa altura em que aumenta a especulação de que o Banco Central Europeu (BCE) se prepara para aumentar os estímulos à economia.

O euro 0,29% para 1,0674 dólares.

Petróleo em queda

Os preços do petróleo estão cair nos mercados internacionais, com os investidores a avaliar as previsões que apontam para um aumento das reservas da matéria-prima nos Estados Unidos da América, o maior consumidor mundial. Isto numa altura em que crescem as tensões geopolíticas entre a Turquia e a Rússia depois ter sido abatido um avião militar russo pelas forças turcas.

O West Texas Intermediate desce 0,42% para 42,69 dólares por barril. O Brent do Mar do Norte, que serve de referência para as importações europeias, perde 0,54% para 45,87 dólares por barril.

Tensões geopolíticas levam ouro a subir pelo segundo dia

O preço do ouro para entrega imediata está a subir no mercado, avançando 0,5% para 1.080,95 dólares por onça. Esta é a segunda sessão em que a matéria-prima está a negociar em alta. O crescimento das tensões geopolíticas após ter sido abatido um avião russo pela Turquia está a aumentar o apetite dos investidores por activos considerados de refúgio, como é o caso do ouro, de acordo com a Bloomberg. (jornaldenegocios.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA