Zaire: Interpelados 144 cidadãos da RDC por irregularidades migratórias

Imigrantes ilegais (Foto: Pedro Moniz Vidal/arquivo)
Imigrantes ilegais (Foto: Pedro Moniz Vidal/arquivo)
Imigrantes ilegais (Foto: Pedro Moniz Vidal/arquivo)

Cento e 44 cidadãos da República Democrática do Congo(RDC) foram interpelados e detidos nos últimos sete dias pelo Serviço de Migração e Estrangeiros(SME) na província do Zaire, por entrada e permanência ilegal no território nacional, mais 35 comparativamente a semana passada.

Segundo uma nota do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional chegada hoje, segunda-feira, à Angop, em Mbanza Congo, os referidos cidadãos foram detidos na sequência das acções de busca e recolha de estrangeiros em situação migratória irregular.

Quanto à fronteira Angola/RDC, a Polícia de Guarda Fronteira travou a entrada ao território nacional de oito cidadãos deste país vizinho, que após o interrogatório foram encaminhados à Direcção Provincial do Serviço de Migração e Estrangeiros para o devido tratamento.

Acrescenta que, durante o período em balanço, a Polícia de Guarda Fronteira abortou três casos de tentativas de transposição ilegal dos limites fronteiriços, mais dois do que a semana passada.

Esclarece que dos casos, dois ocorreram na fronteira terrestre e um por via fluvial, através do rio Zaire.

No mesmo período, segundo ainda o documento, os efectivos de guarda fronteira prenderam também dois cidadãos angolanos, acusados de facilitar a entrada ilegal de estrangeiros no território nacional.

Semanalmente, dezenas de cidadãos da RDC são detidos em diversos pontos fronteiriços da província do Zaire com a RDC, por tentativa de violação dos 330 quilómetros de fronteira que separam esta localidade com a região do Baixo Congo. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA