Zaire: Ambientalistas pedem mais envolvimento dos munícipes na limpeza da cidade

ZAIRE: SOLICITADO MAIS ENVOLVIMENTO NA LIMPEZA DA CIDADE DO SOYO (Foto: João F Cuti)
ZAIRE: SOLICITADO MAIS ENVOLVIMENTO NA LIMPEZA DA CIDADE DO SOYO (Foto: João F Cuti)
ZAIRE: SOLICITADO MAIS ENVOLVIMENTO NA LIMPEZA DA CIDADE DO SOYO (Foto: João F Cuti)

O responsável do Colectivo de Activistas para Defesa do Meio Ambiente(CADMA) na província do Zaire, Makumuena André Garcia, defendeu nesta terça-feira a necessidade de um maior envolvimento dos munícipes nas acções de limpeza da cidade do Soyo.

Em declarações à Angop, o defensor do ambiente qualificou de acto de cidadania a participação em actividades públicas de beneficiência, particularmente a limpeza da cidade e locais de residência para impedir o surgimento de doenças.

Disse ser fundamental incutir a cultura ambiental nos munícipes, através de campanhas de educação, com vista a mudança de mentalidade no que diz respeito à higiene de recintos públicos.

“É importante que todos exerçam a cidadania sócio-ambiental visando proporcionar um clima mais saudável à cidade”, disse.

Advogou, por outro lado, a participação da sociedade na fiscalização da execução das políticas públicas em matéria ambiental, considerando ser uma das formas de se evitar a contínua degradação do meio ambiente e a proliferação de doenças infecciosas.

O responsável entende que o ambiente equilibrado é resultado das atitudes positivas do ser humano em relação ao seu habitat.

Para o ambientalista, uma mudança positiva do comportamento e da percepção do fenómeno ambiental pode resultar em práticas menos “agressivas” do homem contra a natureza, concorrendo desta forma na melhoria da sua qualidade de vida. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA