Uíge: Estudantes da escola do II ciclo esclarecidos sobre direito às manifestações

MPLA (DR)
MPLA (DR)
MPLA (DR)

Os estudantes da escola do II ciclo do ensino secundário do bairro Kixikongo, arredores da cidade do Uíge, foram esclarecidos nesta sexta-feira sobre o direito de reunião e manifestações.

O esclarecimento foi feito durante uma palestra promovida pelo comité provincial do Uíge do MPLA, em alusão aos 40 anos de Independência Nacional, a assinalar-se em 11 de Novembro de 2016.

Ao dissertar o tema, o jurista e docente da Faculdade de Direito da Universidade de Kimpa Vita, Miguel Vita Paulo, fez uma abordagem sobre a matéria, tendo esclarecido as inquietações apresentadas pelos presentes, tais como quando e quem tem o direito às manifestações e reuniões, assim como os seus limites.

Por sua vez, o moderador e jurista Guerra Mavinga elucidou igualmente os estudantes sobre a necessidade de conhecerem as regras e limites das manifestações, bem como os seus direitos para que possam contribuir de forma positiva no desenvolvimento do país.

O membro do secretariado da comissão executiva do comité provincial do partido, António Afonso Isabel, que orientou o mesmo, disse que a palestra visou elucidar os estudantes acerca dos princípios e regras do direito de reunião e manifestação.

“O comité provincial do Uíge do MPLA escolheu esta escola devido ao elevado número de estudantes que alberga, uma vez que a matéria agendada tem relevância para a consolidação da democracia no país.

Em declarações à imprensa, à margem da palestra, o director da escola, Domingos Fernando, disse que o evento foi bem-vindo, na medida em que teceu aspectos relevantes da Constituição da República de Angola. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA