Turquia quer coordenação das ações militares na Síria (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

Tensão elevada, a Turquia sugeriu à Rússia a criação de um grupo de trabalho para coordenar as ações militares na síria

A proposta, entregue à embaixada russa em Ancara, surge depois do presidente turco, Recep Tayiip Erdogan, ter ameaçado com o fim da amizade entre os dois países devido às incursões de aviões no seu espaço aéreo.

O Kremlin mostra-se recetivo. O vice-ministro russo da defesa, Anatoly Antonov, afirmou que teria o maior prazer em receber representantes do ministério da Defesa da Turquia para discutir todos os detalhes técnicos para poder evitar mal-entendidos “resultantes das ações militares estabelecidas pelo nosso comandante em chefe na Síria”.

Moscovo afirma que a violação do espaço aéreo turco durou segundos e se deveu a um erro.

A NATO tem outra ideia. De que as incursões não foram acidentais e ocorreram duas vezes no fim de semana.

A Turquia disse, ainda segunda-feira, que uma patrulha de F16 turcos estive na mira de ‘migs’ russos e da defesa antiaérea síria durante quase 5 minutos.

A Rússia diz estar a bombardear alvos do grupo estado islâmico na Síria, a Nato afirma que a oposição síria, apoiada pelo ocidente, também está a ser atacada. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA