Taxistas condenados a dois meses de prisão e multa de 70 mil kwanzas

(DW)
(DW)
(DW)

O Tribunal Provincial de Viana condenou nesta quarta-feira seis dos 38 taxistas detidos na segunda-feira em Luanda por participar numa manifestação contra a falta de postos de cargas e descargas e a manutenção das tarifas actuais.

A pena, por arruaça e vandalismo na via pública, é de dois meses de prisão efectiva e 70 mil kwanzas de multa.

Os seis taxistas foram conduzidos imediatamente à prisão, sem esperar pelo recurso da defesa.

Os demais 32 conhecem a sentença amanhã, enquanto se aguarda o início do julgamento dos restantes 105.

Os taxistas foram detidos na segunda-feira quando se manifestavam contra a falta de pontos de cargas e descargas e a decisão das autoridades em não actualizar as tarifas, apesar do aumento do preço de combustível.

A Associação de Taxistas de Luanda informou estar em negociações com o Governo e acredita num acordo até este fim-de-semana. (voa.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA